O aumento do número de firewalls nas infraestruturas de segurança criou desafios, deixando muitas organizações lutando com o gerenciamento básico do firewall, de acordo com um novo relatório da FireMon .

Em seu quarto relatório anual do State of the Firewall , a FireMon entrevistou 334 executivos de nível C, profissionais de TI e profissionais de segurança em empresas globais de todos os tamanhos para entender tanto o estado do gerenciamento de firewall quanto o impacto das tecnologias emergentes.

O relatório revela que empresas que planejam adotar modelos de nuvem híbrida enfrentam o potencial de aumentar o risco com o gerenciamento de políticas de segurança de rede, se não estiverem praticando a manutenção básica do firewall. Para a grande maioria das organizações participantes, o firewall continua sendo uma ferramenta essencial em todo o ecossistema de segurança. De fato, 94% disseram que os firewalls são tão críticos ou mais críticos do que nunca e acreditam que o firewall ainda será tão crítico ou mais crítico nos próximos cinco anos.

Essas tecnologias de firewall apresentam desafios, no entanto. Para quase um terço (30%) das empresas respondentes, a complexidade das regras é um grande desafio. A conformidade com as políticas e a prontidão para auditoria são problemáticas para 17% das empresas e 14% sofrem com a otimização das regras de firewall.

“Muitas empresas ainda estão tentando gerenciar as regras de firewall manualmente, mas nesta era de arquiteturas de próxima geração e malware sofisticado, isso não é mais uma maneira eficaz de aplicar políticas de acesso e mitigar riscos”, disse o CEO da FireMon, Satin Mirchandani.

Deixe uma resposta