More One Certification Accomplish¹⁰

Hello, everybody!!

Report that was approved in the exam VCP510, conquer : VMware Certified Professional 5 – Data Center Virtualization (VCP5-DCV), old VCP 5.
Coming soon mount guide with “path stone” to accomplish certification.

Thanks

VCP-DCV

Boa galera,

Venho em mais este post informar que passe na prova VCP510, e com isto consegui título: VMware Certified Professional 5 – Data Center Virtualization (VCP5-DCV), o antigo VCP 5.
Em breve farei um post mostrando o caminho das pedras para conquista desta certificação.

Obrigado

VCP-DCV

Converter Máquina Virtual de Vsphere(ESXi) para Hyper-V

Boa Jovens!!

Segue pequeno tutorial de um ferramenta muito boa que descobri visitando site do Fabio Hara,com está ferramenta conseguimos converter máquinas virtuais em Vmware Vsphere para Microsoft Hyper-V de forma fácil, pratica e melhor de tudo grátis!
Vamos começar!!!

1- Após efetuarmos a instalação do software que segue padrão “NNF”, abra o programa e nesta primeira tela onde selecionamos host Vsphere.( Preencha com as informações de IP, usuário e senha), se você tiver com seu host integrado ao Active Directory pode fazer conexão com usuário que tenha permissão.

Tela1

2- Neste momento selecionaremos a máquina virtual que será convertida, neste exemplo fiz a conexão a um Vcenter e dentro dele temos 2 hosts Vsphere vinculados.

Tela2

3- Nesta tela é apresentado a configura que está a máquina virtual que selecionamos no passo anterior, podemos alterar algumas configurações como: Nome da Máquinas Virtual, Processador, Memória e Inicialização automática.

Tela3

4- Agora vamos selecionar em qual host hyper-v vamos guardar a máquina virtual, adicionamos endereço IP e selecionamos e logo abaixo marcamos o host que terá a máquina armazenada, se tivermos trabalhando com cluster no lugar do endereço IP do host vamos colocar endereço do cluster e seguida selecionamento o host, para saber qual é o melhor host disponível verificamos o campo rating, que quanto mais estrelas melhor o host.

Tela4

5- Seguindo a configuração, conforme mostrado na imagem vamos selecionar onde ficará armazenado a máquina virtual, definir o formato do disco virtual (deixar marcado a opção VHDX format disk ser for para Windows Server 2012), e logo abaixo selecionar quais serão os switch virtuais que esta máquina terá acesso.

Tela5

6- Este é o momento muito importante na hora da migração que é a definição da área para criação da pasta temporária, o processo ocorre da seguinte forma, o software copia os .VMDK e após copia fará a conversão dos disco para .VHDx. O software fará uma analise nos disco e conforme o campo rating indicará melhor disco, que quanto mais estrelas melhor disco e criamos a raiz dentro do disco, por padrão ele cria conforme a imagem.

Tela6

7- Na tela abaixo é exibido um resumo de todas as configurações feitas para migração, se o check box “star the virtual machine after …” for marcado após a migração a máquina virtual será iniciada, não recomendo marcar este check box pois o interessante é após a migração validar todas a configurações de disco, rede, processador e afins antes de iniciar a máquina virtual.

Tela7

Valeu até a próxima!!