Migração de Servidor de Arquivos com Robocopy

Boa Pessoal,

Venho em mais um post falar sobre esta excelente ferramenta da microsoft para migração de arquivos, que permite migrar arquivos mantendo suas permissões NTFS, exclusão de arquivos que não serão copiados ou desnecessários dentre outras funcionalidades interessantes que vou citar logo em seguida, a ideia de post surgiu logo após uma migração que executei num cliente, segue abaixo a explicação do comando que utilizei e seus benefícios.

robocopy

robocopy e: f: /E /Z /COPYALL /ETA /R:0 /W:0 /xf pagefile.sys /xf *.wma /xf *.wav /xf *.mp3 /xf *.wmv /xf *.vob /xf *.mpg /xf *.mkv /xf *.avi /xf *.mp4 /xf *.inf /xf *.cmd /xf *.com /xd "System Volume Information" /xd /LOG:c:\copia.txt /TEE

/E : Sub diretorio e os sub diretorios vazios
/Z: Modo backup do arquivo, faz copia incremental
/COPYALL: Copia permissões NTFS
/ETA: Estimativa de Copia
/R : Tentativas da copia do arquivo
/W : Tempo em espera em segundos
/xf : Arquivos e Extensões que não seram copiadas
/xd : Diretório que não será copiado.
/LOG: Local onde será gerado o log da copia.
/TEE; Mostra o resultando do comando na janela de console e no arquivo de log.

– No inicio do comando as letras e: e f: ( são respectivamente a unidade de destino da copia dos arquivos e a unidade origem dos arquivos a serem copiados)
– As extensões adicionadas no comando podem variar dependendo de cada caso a ser analisado, pois muitas vezes não queremos levar “lixo”, na hora da migração para novo file server.
– Após realiza a copia dos arquivos, você pode rodar este comando novamente, que neste momento só será feita a copia dos arquivos que foram alterados.

Fonte: http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc733145(v=ws.10).aspx

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *